Vem prá quadrilha, vem! Bicicletada!!!*

Edit: Saiu o vídeo da Bicicletada Junina, com quadrilha e tudo o mais!!! Alavantu!

*grito de guerra da Bicicletada Junina.

Cartaz em clima de festa junina

Junho é o mês das festas juninas no Brasil, porém o local do nosso extenso país onde o mês de junho é celebrado com mais ênfase e festa é no nordeste. No nordeste é tão comum ver imagens de Santo Antônio virados de cabeça para baixo, fogueiras na véspera do dia de São João, barqueatas em homenagem a São Pedro, quanto os tapetes de serragem no sudeste, por exemplo e as grandes festas regadas principalmente a forró.

Nesse período, também ocorre uma das safras do milho no nordeste, período em que se preparam os conhecidos quitutes do período, conhecidos no nordeste como mungunzá [ou canjica], pamonha, canjica (ou cural), bolo de milho, milho assado, broa. Além de outros alimentos bem típicos e associados ao período, como o pé de moleque (bolo de café, coberto por pedaços de castanha de caju), cachaça entre outros alimentos e bebidas para passar  frio.

Em junho, no nordeste, a celebração das pessoas que ocupam e festejam as cidades ganha uma outra tônica, tomando por base a antiga tradição dos festejos de junho, aliada a nova tradição de celebrar as ruas e da dominação das mesmas pelas bicicletas, pelos pedestres, patinadores, skatistas, desejosos de cidades com mais pessoas nas ruas, movidas a cuscuz, pamonha, canjica e milho cozido (quer combustíveis mais renováveis?) e aquecidas por uma boa cachaça (aqui faz um pouco de frio no inverno).

clique para ampliar

Por conta dos festejos de São João, cuja data coincidiu com o dia da Bicicletada, em junho a Bicicletada Recife foi antecipada em uma semana, ocorrendo no dia 17, uma sexta-feira com frio, ameaça de chuva, mas que serviu como uma prova para os ciclistas que gostam da cidade em que vivem, das festas juninas, principalmente de bicicletas, que não são feitos de açúcar, e que também não abrem mão de uma caninha pra espantar o frio.

clique para ampliar

Muitos ciclistas apareceram e vieram a caráter, de matutos e matutas, e de cangaceiros. E teve de tudo durante o passeio: quadrilha na praça do Arsenal da Marinha,  aplausos na rua da nova boemia, palavras de ordem na vibe do São João – como “Olha o carro! É mentira!”, mandala na praça do Marco Zero e muita animação para as ações do Dia Mundial sem Carro do Recife.

clique para ampliar

Resumindo, mais uma vez, os ciclistas de Recife mostraram seu espaço e ganharam mais um pouco de atenção pelas pessoas nas ruas da cidade.

clique para ampliar

Viva a Bicicletada Junina! Viva as cidades para as pessoas! Viva a bicicleta!

Veja mais fotos da Bicicletada Junina no nosso álbum: http://bit.ly/oVYNQT

Anúncios
Esse post foi publicado em Cartazes, Cicloativismo, Fotos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s