Passeio de bike mais seguro nas praias

Essa matéria foi publicada no jornal Diário de Pernambuco em 17/10/10. Também está disponível on line aqui. 

Foto: Teresa Maia/DP/D. A Press

A ciclovia já é quase uma realidade na PE-90, que liga Nossa Senhora do Ó a Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, trecho mais badalado do Litoral Sul do estado. Até dezembro, o espaço de nove quilômetros de extensão estará pronto e será entregue, para a alegria dos adeptos do ciclismo e para quem usa a via para outros fins. A expectativa é de que 15 mil pessoas circulem por dia na pista, incluindo trabalhadores da região e turistas. Por enquanto, 70% da obra estão prontos.

Mesmo com o serviço em andamento, já tem gente aproveitando a nova ciclovia. Luciano Severino Gomes, 27 anos, mora no Cabo de Santo Agostinho, mas costuma aproveitar os dias de folga para andar de bicicleta e pescar. “Sempre fiz esse percurso e agora está mais seguro”, disse Luciano Gomes, que trabalha no Porto de Suape. A obra está orçada dentro do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur II) e vai custar R$ 36 milhões. Juliana Miranda, que passou o último feriadão do Dia das Crianças em Maracaípe, já inaugurou o espaço com a própria bicicleta. “Faço trilha no Recife e essa é mais uma opção para a gente que costuma passar os feriados por aqui”, comentou.

Inicialmente os serviços estavam previstos para serem entregues em junho, mas o processo atrasou. Com os recursos do Prodetur, também será possível duplicar e alargar os nove quilômetros da PE-90, incluindo os três acessos à rede hoteleira (com extensão total de quatro quilômetros), além de promover a terraplenagem, o paisagismo, a proteção ambiental e a drenagem.

Palmeiras – O projeto de paisagismo da via prevê colocação de palmeiras e grama no canteiro central. Ao mesmo tempo, o mangue existente na área também está sendo protegido do assoreamento. Além da ciclovia, o projeto de reestruturação do balneário inclui a construção de uma pista de cooper e o ordenamento das paradas de ônibus. Entre os benefícios da intervenção estão a redução de acidentes, o reordenamento do tráfego, a melhoria da acessibilidade, a ampliação da área de lazer com a chegada da ciclovia e a possibilidade de contemplação da area verde e do manguezal que o calçadão possibilita. Outra rodovia beneficiada com pavimentação através dos recursos do Prodetur é a PE-51, que liga Porto de Galinhas a Serrambi. O mesmo acontece com a estrada que liga Porto de Galinhas a Maracaípe.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s